Posts Tagged ‘Notícias’

PostHeaderIcon Twitter aí vamos nós…

Novas ferramentas e ambientes surgem na Internet com uma frequência bastante elevada. Uma das mais recentes é o próprio Twitter, um ambiente de microblog que tem conquistado um número cada vez maior de adeptos. Em poucas palavras, o microblog, como o próprio nome sugere, sustenta-se sobre a idéia de um post deve ser pequeno e rápido. No caso do Twitter, ele pode conter, no máximo, 140 caracteres. A princípio, cada post no Twitter deve corresponder a uma resposta à uma única pergunta: "O que você está fazendo?".

O sucesso do Twitter tem feito com que muitas pessoas e analistas façam projeções de que esse modelo irá revolucionar (se é que já não o está fazendo) os meios de comunicação. Não apenas pessoas têm buscado o Twitter como uma forma de compartilhar informações. Empresas e instituições dos mais diversos segmentos de atividades tem feito do ambiente proporcionado pelo Twitter um meio para aproximar-se de seu público, colaboradores e clientes.

Então, aqui estou, a partir de hoje, fazendo parte do Twitter. Por lá, devo fazer referências a alguns textos e informações publicadas em meu site. Outras informações, irei publicar apenas por lá. Para acompanhar, basta acessar o seguinte endereço:

http://twitter.com/jansensena

Melhor ainda, você pode fazer parte do Twitter, criando uma conta para começar a compartilhar informações, conhecimento, notícias e qualquer coisa que você julgue ser interessante.

Twitter, aí vamos nós…

 

PostHeaderIcon Preso pelo YouTube!

Ainda vai demorar tempo considerável para que o conhecimento a respeito da abrangência e da importância da Internet seja massificado. Não são poucos aqueles que lidam com a rede mundial de computadores como uma infra-estrutura caseira e limitada. A quantidade de informações desnecessárias, de cunho estritamente particular, por exemplo, parece aumentar a cada dia auxiliada pela facilidade proporcionada pelas ferramentas de blog, redes sociais, listas de discussão, sistemas de hospedagem gratuitos, dentre outros. Entretanto, é preciso lançar mão de razoável dose de responsabilidade, mesmo em atividades que pareçam ser meramente diversão, como postar fotos, comentários e… vídeos!

A chamada sociedade da informação, que possui na Internet a infra-estrutura tecnológica ideal para sua mecânica de disseminação de informações e conhecimento, apesar de possuir regras bastante particulares, não está completamente desconectada do mundo real. Crendo nessa "separação" entre os dois mundos, real e virtual, até mesmo cidadãos aparentemente pacatos e de boa índole, revelam-se, antecipadamente, na Internet, criminosos. E, diferentemente do que se possa imaginar, é crescente a atenção dada à faceta virtual de cada pessoa. Não, não se trata de empresas que buscam pelos "rastros digitais" dos seus colaboradores ou pretendentes a tal posição. Trata-se, sim, da polícia!

Sandor Ferenci, um jovem britânico de 28 anos, acabou sendo condenado a permanecer por 12 semanas na cadeia. Os motivos? Ferenci resolveu publicar no YouTube vídeos contendo manobras radicais com sua moto a 210 km/h em uma estrada perto de Banbury, em Oxfordshire. Derrapagens, freadas, corridas na contra-mão e outras "peripécias" foram registrados.

Difícil de acreditar, entretanto, mais inusitada que a própria situação foi a maneira particular como a polícia confirmou o ocorrido. Ao ligar pra casa do motociclista no intuito de investigar a origem do vídeo, antes que o policial pudesse dizer qualquer coisa, Ferenci disparou: "É sobre o vídeo no YouTube?". Era tudo o que a polícia queria para economizar tempo e confirmar a autoria do vídeo.

Existe alguma dúvida de que a vida digital não é desvinculada da vida real?

PostHeaderIcon Big Buck Bunny: mais um filme livre!

Pra quem gostou do resultado do Elephant’s Dream, chegou mais uma novidade criada pela equipe do Blender: Big Buck Bunny, o mais novo filme (em formato de animação) produzido apenas por meio da utilização de software livre. E o resultado dessa segunda investida parece estar sendo bem satisfatório.

Até o início de junho, já foram contabilizados mais de 1.000.000 de downloads. Vale ressaltar que, nesse número, não estão inclusos os downloads feitos a partir de outros mirrors do vídeo. A iniciativa já foi apresentada em vários congressos e simpósios, além de ter ocupado espaço em revistas ao redor do mundo. Recentemente, até uma versão em Blu-Ray foi criada. Infelizmente, esse formato, ainda é proprietário mas tende a se tornar o padrão para vídeos de alta definição. Entretanto, deixemos essa discussão para uma outra oportunidade.

A exemplo do que aconteceu com o Elephant’s Dream, uma pequena equipe de 7 pessoas de vários países foi criada, denominada Peach Team. Os selecionados, por conta do financiamento da Blender Foundation, reuniram-se em Amsterdã entre outubro de 2007 e abril de 2008 para produzir a animação. A idéia, além de utilizar ferramentas livres, consiste em trabalhar o conteúdo do projeto de maneira aberta e identificar os impactos que isso pode resultar para o processo criativo. Interessante, não?

Dentre os principais objetivos da iniciativa está a validação do Blender como uma suíte para a produção de animações profissionais. Outro objetivo é prover conteúdo para outros utilizarem como referência e como material de reutilização. A disponibilização de toda a documentação do projeto e dos tutoriais fazem parte desse objetivo.

A animação tem, aproximadamente, 10 minutos, e conta a estória de um coelho gigante que enfrenta alguns problemas com uns "roedores" que se esforçam pra tentar transformar a vida do grandalhão um pouco mais difícil. O filme não tem diálogo, então, é diversão garantida pra adultos e crianças de qualquer idade.

No site do Big Buck Bunny é possível fazer o download do filme em várias resoluções e formatos diferentes e da trilha sonora criada para o projeto. É possível ainda comprar o DVD para ajudar a iniciativa.

É uma maneira simples, rápida e bem divertida de ver o que é possível fazer em termos de animação usando ferramentas de software livre!