PostHeaderIcon Storage iSCSI com Linux e software livre: assunto para o FISL 13.

Depois de alguns anos sem conseguir estar presente no FISL, esse ano retomo minha participação no evento. Nessa oportunidade, ao contrário dos anos anteriores, estarei falando sobre um tema muito mais relacionado à administração de sistemas do que de segurança. Fruto de um projeto que precisamos desenvolver para um cliente, essa solução, baseada em software livre, viabilizou a configuração de um storage que, apesar de ser bem simples, nos permitiu a implantação de um ambiente de cluster de alta disponibilidade tal qual estava previsto no início das discussões a respeito do projeto respeitando, entretanto, as restrições de investimentos.

A palestra está programada para as 14:00 na sala 41B (daemon) no dia 28/07. O restante da programação do FISL pode ser acessada por AQUI.  Serão quatro dias de boas discussões sobre soluções em software livre. 

A seguir está uma descrição da palestra. Nos vemos por lá?

Criando um Storage iSCSI com PCs, Linux e Software Livre! Que tal?

Muitos ambientes de alta disponbilidade (e.g. clusters) necessitam de storages como um meio de armazenamento compartilhado em suas arquiteturas. Na verdade, esses equipamentos são peças fundamentais nas arquiteturas mais tradicionais. Outras soluções de infraestrutura de software também precisam desses equipamentos. Existem, certamente, diversas disponíveis no mercado. Entretanto, mesmo os storages mais simples costumam requerer um valor de investimento que, muitas vezes, está além das possibilidades financeiras de diversas organizações. Por outro lado, utilizando apenas PCs convencionais e ferramentas de software livre é possível construir uma solução de storage iSCSI com interessantes recursos de alta disponibilidade capaz de servir como uma alternativa de baixo custo e de qualidade. A solução consiste na utilização de uma implementação livre e estável do padrão iSCSI no lado do servidor storage e de seus clientes. Além disso, a solução ainda conta com outros recursos em software livre que ajudam a compor a camada de alta disponibilidade. Do ponto de vista dos "clientes" que o acessam, esse "storage" é como qualquer outro equipamento iSCSI de mercado, o que torna a utilização dessa solução transparente àqueles que já conhecem esses appliances. Essa é, portanto, uma alternativa interessante para ambientes onde existem restrições financeiras para a aquisição de equipamentos como os custosos storages e onde não são necessários os recursos mais avançados que esses produtos oferecem sem, entretanto, abrir mão de uma razoável camada de alta disponibilidade. 

Leave a Reply